Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

A costela de Adão

 

 

- Porquê?
- Porquê? Eu não preciso de porquês. Eu sou Deus… faço o que quiser.
- Eu sei… não te queria faltar ao respeito… mas tenho curiosidade em saber…
- Adão, Adão…. Não sejas tão curioso… não é bom.
- Mas Deus… repara… é uma questão de lógica, não é?
- Lógica? O que é isso, onde aprendeste essa palavra? Ainda nem foi inventada.
- Bom… de qualquer modo, ó Deus… o certo é que me sinto … muito sozinho.
- …
- A sério… sinto-me mesmo… muito sozinho.
- Como é possível que te sintas sozinho, se Eu estou em toda a parte? Nunca poderás estar sozinho…
- Não é isso, Deus, repara bem… eu sei que estás em toda a parte… e isso às vezes até é um pouco…. opressivo, sabes? Estás sempre a olhar para mim… mas não é isso. Eu dizia sozinho… por não existir mais ninguém…
- Adão… criei o paraíso de propósito para ti… é todo teu. Porque insistes tanto para que Eu crie mais seres humanos? Já te criei a ti…
- Deus… ainda tens aquele desenho que fiz?
- Desenho… hum… sim, creio que sim…
- Pronto… é essa a imagem que eu te peço para criares… já lhe arranjei um nome e tudo…
- Um nome?
- Sim… Eva. Soa bem, não soa? Muito musical…
- …
- E então… aceitas o meu pedido?
- Adão… o teu desenho… sim, tenho-o aqui… é um pouco estranho, apesar de engraçado. Essa criatura que desenhaste é cheia de curvas, não te parece até um pouco… sei lá… frágil demais?
- Frágil? Não, ó Deus…. Assim está simplesmente… perfeita…
- Adão… e se eu criasse outro humano… exactamente igual a ti… não ficarias mais feliz?
- NÃO… Oh, Deus…. ISSO NUNCA…
-Mas… assim poderiam entender-se melhor, de igual para igual…
- Deus, meu Deus… mas eu não quero nada dessa igualdade… eu quero é mesmo… experimentar as diferenças…
- …
- E então… pode ser?
- …
- Deus… pode ser ?
- Adão… tu és aborrecido…. E muito insistente. E por isso mesmo, sabes o que vou fazer? Sabes? Vou castigar-te…
- Mas…
- É isso mesmo Adão… quando mais quiseres "experimentar as diferenças", como tu lhe chamaste… sabes o que Eu vou fazer? Vou fazer com que a Eva se desculpe com uma dor-de-cabeça, para que tu te lembres sempre da tua teimosia…
- Mas Deus…
- Nem mais uma palavra, Adão. Silêncio. E agora deita-te e adormece. Preciso de te retirar uma costela…

 

publicado por entremares às 12:22
link do post | comentar | ver comentários (24) | favorito
|

.mais sobre mim

.BlogGincana


.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. A costela de Adão

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.Os ouvintes das histórias

online

.links

.as minhas fotos

.Nº de Navegadores

Get a free html hit counter here.

.Google

.Quem navega...

Locations of visitors to this page

.Gazeta dos Blogueiros

Gazeta dos Blogueiros
blogs SAPO

.subscrever feeds