Sexta-feira, 4 de Dezembro de 2009

A pimenta do amor

 

 

 

- Meu amor...
- Não me chames amor... quando estou irritada contigo.
- Mas... não deixas de ser o meu amor, mesmo irritada. E posso saber porque estás irritada?
- Suspeito que estás a fazer-me ciumes... de propósito.
- Ciumes? Essa agora... mas tu nem és ciumenta...
- Quem te disse isso?
 
- Amor...
- Já te disse que não me chamasses isso, nestas alturas.
- Amor... desculpa se te aborreci... mas a sério... nem sei o que te aborreceu...
- Sabes sim, oh se sabes... ou o modo como tratas todas aquelas tuas amigas não te parece... excessivo?
- Amigas? Mas... eu sempre tratei assim todas as pessoas, amigas e amigos...
- Isso foi antes...
- Antes de quê?
- Antes de estarmos juntos.
 
- Amor...
- ...
- Tu nunca foste ciumenta... porque estás a sê-lo agora?
- Porque gosto de ti, simplesmente. É pecado, gostar de ti?
- Não... pelo contrário.... é maravilhoso. E o que fazes com essa flor na mão?
- Vou colocá-la num jarro com água. Ofereceram-me ontem no autocarro, um senhor que veio ao meu lado durante toda a viagem...
- ...
- Não dizes nada?
- ...
- A sério que não dizes nada? Tu nunca foste ciumento, pois não?
- Talvez tenha passado a ser... agora assim de repente.
 
 

 

publicado por entremares às 13:29
link do post | comentar | favorito
|
26 comentários:
De grifoplanante a 4 de Dezembro de 2009 às 14:04
O poder de uma flor !
De entremares a 4 de Dezembro de 2009 às 18:58
Amigo João...

Enorme verdade.
Será verdade que o ciúme seja mesmo necessário?

Um grande abraço
Rolando
De libel a 4 de Dezembro de 2009 às 15:19
ahahhaha...nada como apimentar o amor desta forma, é tão saudável e sabe tão bem!!..

Beijinhos
De entremares a 4 de Dezembro de 2009 às 18:59
Ah, Libel...

Sei não... por vezes uma das partes não leva aquilo a sério... mas a outra leva. Como desembrulhar o caso?

beijos.
Rolando
De libel a 4 de Dezembro de 2009 às 20:46
Ah, Rolando...essa é fácil, basta não abusar da sorte nem da pimenta...ahhahahhahaha...

Beijokas
De neli araujo a 4 de Dezembro de 2009 às 16:21
Olá, Rolando!

Um pouco de ciúmes até que condimenta o amor, faz os amantes acordarem novamente para a vida, e batalharem pelo que é seu!

Gostei, amigo!

Uma beijoca nos dois! (em tu e no teu amor)

Neli !


De entremares a 4 de Dezembro de 2009 às 19:00
Oi, Neli

Saudades de te ver. Darei a beijoca ao meu amor, prometo.

Aceitas duas de volta?
Nossas.

Tudo de bom para ti
Rolando
De Rosinda a 4 de Dezembro de 2009 às 16:44
O amor tem de ter vários temperos no ponto exacto, o ciume é um deles, se for na medida certa revigora a relação.
“O ciúme é um sentimento que vem embrulhado em medo.”
Fique bem...
De entremares a 4 de Dezembro de 2009 às 19:02
Olá, Onix...

" O amor tem vários temperos no ponto exacto ".

Nunca tinha pensado nestes termos... mas assim se percebe como por vezes as relações se adoçam... ou azedam.

Um óptimo fim de semana para ti.
Rolando
De Wania Victoria a 4 de Dezembro de 2009 às 17:45
Querido Rolando...

"Gostar é, provavelmente, a melhor maneira de ter e ter deve ser a pior maneira de gostar".
(José Saramago)

Não existe como amar alguém de verdade e não querer exclusividade no coração é até inconsciente, na grande maioria das vezes. Talvez quem dispense isso esteja um estágio mais "avançado" da evolução da espécie, mas te juro que eu ainda estou a caminho...rsrsrs!

Se puder escolher, Rolando... o meu prefiro sem pimenta, por favor, tá?...rsrsrsrs!

Adoro teus textos, me acho muito por aqui!!!!


Bjão nos dois
( prezo vocês demais!!!!!)



De entremares a 4 de Dezembro de 2009 às 19:04
Wania amiga...

Vou pedir-te emprestadas as palavras e pedir o mesmo para mim - Um amor sem pimenta, por favor.

beijos.
Rolando
De Paula Raposo a 4 de Dezembro de 2009 às 20:14
Gostei do título e de te ler.
Não, não acho que seja pimenta do amor.
Beijos.
De entremares a 4 de Dezembro de 2009 às 22:23
Olá, Paula.

Diz-me.... o que lhe chamarias, a essa "coisa" chamada ciúme?

Beijos.
Rolando
De Maria Teresa Fornaciari a 4 de Dezembro de 2009 às 21:37
Ah, como seria tão mais simples não houvesse os ciúmes... Ah, como seria sem graça...
Abraços.
De entremares a 4 de Dezembro de 2009 às 22:24
Maria Teresa...

Olha, nem sei se concorde ou não... será que tudo não depende da dose desses mesmos ciúmes?

Beijos.
Rolando
De Maria Teresa Fornaciari a 5 de Dezembro de 2009 às 10:58
Concordo sim, Rolando! A receita é sábia, mas quem é capaz de executá-la com perfeição?
Abraços.
De Existe um Olhar a 4 de Dezembro de 2009 às 21:44
Olá Rolando
Sabe tão bem sentir que a outra parte sente uma pontinha de ciúme!
Os livros, dizem que o ciúme é proibido numa relação, mas na dose certa não será uma espécie de vitamina que tem o poder mágico de reafirmar o grande amor que une duas pessoas?!

Um óptimo fim de semana para ti.
Beijos
Manu
De entremares a 4 de Dezembro de 2009 às 22:26
Ah, Manu...

E quando deixa de ser só uma pontinha?
E quando a vitamina se transforma em fel?

Beijos, Manu.
Um fim de semana com muito sol para ti.
Rolando
De dyphia a 4 de Dezembro de 2009 às 22:11
o ciume controlado é saudavel e faz bem.
é sem duvida um optimo tempero.
mas como verdadeiro tempero que é deve ser usado na quantidade certa, nem demais, nem de menos.

beijos e brigada pela visita
De entremares a 4 de Dezembro de 2009 às 22:27
Oi, Dyphia

Obrigado eu, por teres vindo aqui espreitar o cantinho.
E é bem verdade.... é um tempero bem perigoso, não é verdade?

Beijos.
Rolando
De Jaqueline a 4 de Dezembro de 2009 às 22:45
Rolando...

"No banquete do amor, o ciúme é o saleiro, que ao querer verdadeiro empresta vivo sabor. Advirta-se porém ser erro temperar em demasia. O ciúme, por ser só sal um retrato, se posto demais no prato, não tempera, antes maltrata.” Tirso de Molina

Um bom fim de semana para ti.

beijjos no coração.
De entremares a 4 de Dezembro de 2009 às 23:09
Oi, Jaqueline

Não conhecia a frase... mas como é verdadeira.
"Não tempera, antes maltrata"

Grande verdade.
Um óptimo fim de semana para ti.
Rolando

Comentar post

.mais sobre mim

.BlogGincana


.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. O unicórnio branco

. Nascer de novo

. Noites de lua nova

. Perguntas e Respostas

. Roby, o rei leão

. Onde mora o paraíso?

. Sinais

. Um novo destino

. O profeta

. Ele e Ela

. As doze badaladas

. O salto da alma nua

. O rei morreu... Viva o re...

. Blog Gincana - Novembro

. A dúvida humana

.

. João e o Mestre

. Aniversário

. E depois do adeus

. A pimenta do amor

. O que fazer?

. Sem título

. A mulher invisível

. A escolha dos anjos

. Os amantes

. A Dama do Outono

. Um pedido

. Simplesmente Eugénio

. Carmen Miranda

. A decisão

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.Os ouvintes das histórias

online

.links

.as minhas fotos

.Nº de Navegadores

Get a free html hit counter here.

.Google

.Quem navega...

Locations of visitors to this page

.Gazeta dos Blogueiros

Gazeta dos Blogueiros
blogs SAPO

.subscrever feeds