Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

Barbarella

 

 

Barbarella.
Estado civil: divorciada
Dados pessoais: 1,78m, 32 anos, morena, cabelos escuros, esguia.
Dados do perfil: Sonhadora, caprichosa, romântica, sedutora, boa cultura geral. Ocupação: Relações públicas
Hobbies: Ler e Viajar.
Estado: Descomprometida
Situação: à procura
 
Olhou novamente para a meia dúzia de linhas, ainda a piscar no écran. Sempre gostara daquele pseudónimo, fazia-a sentir-se como a heroína dos filmes, sensual, provocadora, com a agilidade de uma gata e o mundo a seus pés. A noite era o seu mundo, os telhados vazios e os becos escuros o seu jardim, os homens – todos os homens – as suas flores.
Barbarella.
Só o som da palavra a fazia estremecer de prazer. Tinha aquele toque quente, principalmente quando soletrado por um amante, no calor da noite. Um nome que evocava mil imagens de prazer, de tentação, de fruto proibido.
Claro que não era o seu verdadeiro nome. Maria da Purificação Vaz Almeida, esse sim...
Ora bem... quem é que iria, no seu perfeito juizo, marcar um encontro com ela, através daquele “site” tão popular... com um nome daqueles? Pois... não, não mesmo. Sempre sentiu que nomes daqueles só deveriam ser autorizados a freiras, noviças... enfim... essas pessoas.
Portanto... Barbarella, claro. Sentia-se melhor nessa pele.
O problema... o problema, bem vistas as coisas... até não era bem o nome... mas o resto. A idade... ao menos essa era verdadeira, tinha 32 anitos, bem feitos no dia de São Crisóstomo, que talvez tivesse até inspirado o seu nome tão angélico. Agora o resto...
Com saltos altos... sim, talvez com sorte chegasse ao metro e sessenta e qualquer coisa, e também era verdade ser morena, cabelos escuros, sonhadora e todas as outras coisas... excepto talvez... o esguia.
Mas já lá vamos.
A profissão era aparentada com relações públicas, afinal de contas passava o dia inteiro a falar com pessoas, essa é a verdadeira função de uma telefonista, não é? Conhecer pessoas pela entoação da voz, decorar-lhes os números de telefone, das extensões para onde ligam, as horas a que ligam... portanto, claro que era uma relações públicas, sempre soa melhor que telefonista. E também era verdade que adorava ler e viajar. Ou ler, pelo menos. Ainda não viajara para fora do país, mas – sinceramente – claro que iria gostar, quem é que não gosta de viajar?
E finalmente... pois... descomprometida, a procurar... sim, aqui fora o mais possível honesta... infelizmente.
 
Voltou a pousar os olhos sobre a tal linha complicada. O cursor continuava a piscar sobre a palavrinha... esguia. E aí... seria complicado, porque Maria da Purificação, de esguia... talvez nos pulsos, e não mais que isso. Redondinha, anafada, simpática. Era assim que todos a descreveriam, se alguém os questionasse sobre o seu perfil. Talvez até sublinhassem o redondinha...
Suspirou.
O que fazer?
Anular o encontro? Contar a verdade?
 
A colega observou-a no seu dilema. Pousou os auscultadores e lançou-lhe um sorriso cúmplice.
- Então, Maria... que é isso? Estás com cara de caso...
Maria da Purificação devolveu-lhe o sorriso, embrulhado com um laçarote.
 
- Pois... é um caso... lá nisso tens toda a razão...
E após uma pequena pausa...
 
- Olhá lá... por acaso não estás assim a ver nenhuma maneira rápida de eu perder aí uns.... vinte quilitos, talvez?

 

publicado por entremares às 13:33
link do post | comentar | favorito
|
28 comentários:
De libel a 21 de Setembro de 2009 às 17:05
O eterno problema do peso??..Eterno não lhe chamaria Rolando, até porque hoje em dia existe cada vez mais adesão a uma alimentação saudável e à pratica de desporto, eventualmente também para atenuar outro tipo de problemas de saúde que não a gordura. Mas aqui o problema é que ao omitir este tipo de situação leva a que a pessoa se torne extremamente nervosa, frágil e sem qualquer nível de auto estima, o que não é nada bom. Na realidade, ser mais ou menos gordinha é um problema que apenas diz respeito a si própria, mas é encarado como um sério problema, quando o importante é aquilo que somos interiormente, o que valemose e o que demonstramos enquanto pessoa. Tudo o resto são meras conjecturas, muitas delas sem razão de o ser, fruto de uma sociedade com uma mentalidade ridícula e que apenas dá valor aos corpos esguios que são exibidos nas revistas e televisão. As pessoas gordas ou magras deveriam ter prazer no seu corpo tal como ele é para assim acabar de vez com estes preconceitos.

Um beijinho bem gordinho...
De entremares a 21 de Setembro de 2009 às 17:23
Oi, Libel...

Sabes que mesmo tendo razão ( porque tens ) as coisas continuam a funcionar assim, por muitos emuitos motivos. Mas pronto... eu até estava à espera que alguém se lembrasse de perguntar pelo "ele" ... ou seja a outra parte do encontro. Será que o "ele" também "aldrabou " o perfil?

O que achas?

Um beijos saudável e com poucas calorias para ti.
Rolando
De libel a 21 de Setembro de 2009 às 21:46
Rolando não analisei o texto nesse sentido, porque acho que já mexe com a experiência de cada um. Mas se partirmos do príncipio que não foi obstáculo para a Barbarella elaborar um perfil baseado em algumas mentiras (independentemente dos motivos, objectivos e consequências) porque não admitir que ele também o poderia fazer. No entanto acho que nada acaba bem quando já começa mal. Mas é apenas a minha opinião.

Beijinhos
De Sara a 21 de Setembro de 2009 às 17:07
Ora aí está um conto descomprometido e divertido! Já me ri, pois achei piada ao tom da história... assim leve e descontraída. Agora no fim fiquei a pensar: "perder 20 kgs"... lá vamos "nós" ter sempre ao dilema do peso ideal e das medidas perfeitas... Cada um é como é! Quem gosta gosta, quem não gosta põe de lado...

Beijinhos
De entremares a 21 de Setembro de 2009 às 17:28
Oh, Sara...

Claro que cada qual é como é... mas diz-me lá... nunca conheceste ninguém que "encaixasse no papel da Maria da Purificação? ( Homem ou mulher, tanto faz )

Eu já conheci...

Beijos.
Rolando
De Anónimo a 21 de Setembro de 2009 às 17:18
Pois....neste lado do ecrãm somos aquilo que queremos....mais perfeitos não conseguimos! Eu também sou assim, toda gira, alta, magra, esguia, fofinha, e dependendo do dia, posso ser ou loura sensual ou morena atrevida....eheheheheh......ja chega, que isto é um blog sério (de um lagarto. Julgavas que me tinha esquecido? Nem disso nem do café....)
Tinhamos aqui um miudo que no seu BI, na parte da altura estava escrito, "a crescer".....por isso.....

Um beijo e boa semana para ti
De Najla a 21 de Setembro de 2009 às 17:19
Ocomentário é daqui da menina que~se esqueceu de meter o nome....
De entremares a 21 de Setembro de 2009 às 17:32
Oi, Najla...

( Sua andorinha disfarçada de águia.- falou este lagarto, claro )

Imaginas onde me "surgiu " esta história?
Aqui na minha rua, e por falta de espaço, muitos automóveis param sempre em cima do passeio e os peões, claro... vão pela rua. E as peões ( elas, pois então ) ... lá vão aproveitando sempre o reflexo dos vidros dos automóveis para verificarem se estão bem compostas, bem arrumadas... gincando um pouco as ancas...

Enfim... ou então fui eu que hoje acordei um pouco mais observador, sei lá...

Beijos
Rolando
De Paula Raposo a 21 de Setembro de 2009 às 18:41
Eh eh eh fizeste-me sorrir...também gostava de ter mais uns cms, não 178...mas 170 já chegavam e pesar menos 10 quilos pelo menos!!
Eh eh esguia...gostei.
Beijinhos, obrigada pela tua inspiração enriquecedora para quem te vem lendo!
De entremares a 21 de Setembro de 2009 às 21:59
Olá Paula...

Temos muitos estereotipos na cabeça, não temos?
Às vezes fico a pensar: " E se fizessem uma edição especial da Playboy, ou Playgirl, assim só para as pessoas mais.... avantajadas? Achas que teria sucesso?

:)

Beijos
Rolando
De mfc a 21 de Setembro de 2009 às 18:56
Era um caso... sem peso!
De entremares a 21 de Setembro de 2009 às 22:01
Era... na verdade, um caso sem peso. Claro que a nossa Maria da Purificação também poderia encontrar na rifa... sabe-se lá o quê...

:)

Um abraço.
Rolando
De Existe um Olhar a 21 de Setembro de 2009 às 21:04
Olá Rolando
Do outro lado talvez haja a esperança de encontrar:
Cavalheiro
Sozinho
40 anos
1,80m
75kg
Sem filhos
Fala- francês e Inglês
Licenciado
Engenheiro
Para relação séria.
O Princípe e a Cinderela, não importa por quanto tempo.
Quem sabe se Barbarella não vai encontrar a sua alma gémea?!

Desculpa Rolando , hoje apeteceu-me brincar, achei um piadão ao teu post.
Aqui também há sorrisos.
Beijos
Manu
De entremares a 21 de Setembro de 2009 às 22:03
Oi, Manu, sabes que adoro essa tua faceta?

A Barbarella agradace-te, desde já... todo o teu apoio e concorda 200% com os teus "CRITÉRIOS DE SELECÇÃO " para o seu príncipe encantado.

:)

Beijos, Manu
Rolando
De Regina d'Ávila a 22 de Setembro de 2009 às 00:34
E quem não concordaria?
Adorei Manu....
Essa foi ótima...tenho certeza que ela vai adorar!!
Ela ..e muitasssssssss...
Rolando, foi excelente este "post"..
Imagina que aqui, no Brasil, saiu, uma reportagem exatamente falando sobre este assunto...Achei fantástico...
E por que incomodaram tantos as gordurinhas..em quase todo comentário que li...Ela estava mentindo em tudo...e ninguém achou chato? Só se chatearam com o peso? kkkkk E os livros que falou que leu...e o emprego que falou que tinha....Que isso... É certo que toda mulher quer se parecer mais magra, mais nova...como também mais bonita, mais alta , mais culta, mais elegante..mais tudoooooooo....
E vamos ser sinceras...é a primeira preocupação de toda mulher...peso...e cabelo.., o resto é maquiagem..kkkk
Mas...algumas coisas não se pode mudar em poucos dias...certo? Adorei o post...e ri muito..
Felicidades para a Barbarella...kkkk
Super beijos,
Regina d'Ávila.

De entremares a 22 de Setembro de 2009 às 14:13
Oi, Regina...

Eu também ainda não disse ( ninguém perguntou ) mas meu nome verdadeiro nem é Rolando, nem tenho aquele visual, nem nada. Eu sou o George Clooney, mas como gosto de andar sempre anónimo, inventei...

Não vais me denunciar, pois não?

Muitos beijos
Rolando
De Regina d'Ávila a 22 de Setembro de 2009 às 14:34
Querido Rol..George,

Claro que não vou te denunciar...se você, também, não o fizer..pois na verdade sou Nicole Kidman..disfarçada de brasileira...
Agora sim...estou entendendo..sabia que te conhecia de algum lugar...
Não foi naquele hotel..o “ Burj Al Arab” em Dubai... Estávamos reclamando, pois o hotel era muito simples e a diária muito barata..? Ou será que foi no dia em que trocaram nossos jatinhos? Estou com um pouco de dúvida..
Olha..mas foi muito bom..te encontrar por aqui...kkkkkk
Seu segredo ficará guardado..
Beijossssssss
Regina d’Ávila. (Ni)
De entremares a 22 de Setembro de 2009 às 15:02
Nicole, meu amor...

Adoro-te, confesso. Mas é arriscado expôr aqui a nossa identidade secreta. Já viste se nos raptam, ou se os teus admiradores se juntam todos ali à saída do estúdio, para me "tratar da saúde"?

E olha, a propósito, não te esqueças, continuamos com mesa marcada para hoje à noite, em Paris, no Versailles. Vê se não te atrasas desta vez, está bem?

Um beijo.
George

( Eu levo a máquina dos cafés, não vá aparecer a imprensa para as fotos )
De Regina d'Ávila a 22 de Setembro de 2009 às 15:26
Meu querido George,

Já que você, aqui, se expôs...faço o mesmo..
Confesso, também, que te adoro...

Como poderia esquecer nosso jantar? Nunca..e, desta vez, não me atrasarei.

Aproveito para levar fotos de várias casas para podermos, enfim, escolher uma para nos mudarmos..Acho que já está na hora de assumirmos tudo..O que achas?

Muitos beijos,
Ni...
De entremares a 22 de Setembro de 2009 às 15:51
Minha querida Nicole...

Há muito tempo que esta "quimica" me atraiu para você. E apesar de você morar noutro continente, o que é isso para o meu jacto particular? Eu vou só reunir umas peças de roupa... preciso que você me mostra "ao vivo" essas casas lindas de que gostou..

E tem razão, está na hora de assumir.

Um beijo.
George.

Ps. Adorei as tuas fotos. Estás uma autêntica estrela de cinema.Aos meus olhos... a mais linda.
De lis a 22 de Setembro de 2009 às 01:52
Ate voce,hem ! e eu que pensava que voce era o ultimo gentleman e jamais tocaria nesse assunto. que apavora toda Maria da Purificação.,rsrsrs.
Quanto a mim, vou logo esclarecendo, do lado de cá desse teclado que ninguem me veja como Maria , quero ser sempre Barbarella. rsrs
Abraços ,Rolando
De entremares a 22 de Setembro de 2009 às 14:15
Olá Lis...

Estou aqui agora a pensar como vou "lidar" com isso...
E uma coisa é certa... Quando a gente QUER... a gente olha para uma Maria da Purificação... e vÊ uma Barbarella.

É simples, não é?

Beijos
Rolando
De GISLENE a 22 de Setembro de 2009 às 03:02
OLÁ, ROLANDO!
SABE, TEM UM ARTISTA BRASILEIRO, QUE CONSIDERO UM VERDADEIRO POETA, SEU NOME É CAETANO VELOSO, QUE DISSE UMA VEZ ASSIM: " TODO MUNDO SABE A ALEGRIA E A TRISTEZA DE SER O QUE SE É".
ACHO QUE TEM A VER UM POUQUINHO COM TUA HISTÓRIA...
ABRAÇO,
GISLENE.
De entremares a 22 de Setembro de 2009 às 14:18
Oh, Gislene...

Tem... tem a ver. O espelho também mente, que o digam os anoréxicos...
Só vale o que cada um sente... e aquilo que cada um sabe que é verdade, que é seu, que é genuino.

( Bem vistas as coisas... e só para ser um bocadinho provocador... dizem que a balança também não mente... )

Beijos
Rolando
De MARIA a 22 de Setembro de 2009 às 10:05
Eh...eh...eh...Também preciso perder 20 quilos que ganhei desde Julho de 2007 até hoje.... está tudo a funcionar mal ...eh...lol.
Mas mesmo assim, vim tomar um café e um pastel de nata.........

:)) Doce carinho

M.M.G.
De entremares a 22 de Setembro de 2009 às 14:37
Oi, Maria...

Ainda bem que ninguém me perguntou se eu também não precisaria de uma dieta, mas enfim... mudando de assunto... sugiro-te ali um arroz doce que temos naquela mesa, que está uma maravilha. Ah... e depois do café, fiz licor de chocolate... está de chorar por mais.

Portanto... serve-te. Estás em casa.

Beijos.
Rolando

Comentar post

.mais sobre mim

.BlogGincana


.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. O unicórnio branco

. Nascer de novo

. Noites de lua nova

. Perguntas e Respostas

. Roby, o rei leão

. Onde mora o paraíso?

. Sinais

. Um novo destino

. O profeta

. Ele e Ela

. As doze badaladas

. O salto da alma nua

. O rei morreu... Viva o re...

. Blog Gincana - Novembro

. A dúvida humana

.

. João e o Mestre

. Aniversário

. E depois do adeus

. A pimenta do amor

. O que fazer?

. Sem título

. A mulher invisível

. A escolha dos anjos

. Os amantes

. A Dama do Outono

. Um pedido

. Simplesmente Eugénio

. Carmen Miranda

. A decisão

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.Os ouvintes das histórias

online

.links

.as minhas fotos

.Nº de Navegadores

Get a free html hit counter here.

.Google

.Quem navega...

Locations of visitors to this page

.Gazeta dos Blogueiros

Gazeta dos Blogueiros
blogs SAPO

.subscrever feeds