Quinta-feira, 6 de Agosto de 2009

Declarações de Amor...

 

 

- Mãe…
- Sim, Mariana… o que foi?
- Oh, mãe… hoje na escola… chamaram-me feia…
- Oh, minha querida… ficaste aborrecida…
- Fiquei… e sabes porquê?
- Não, Mariana… mas tu és bonita… muito bonita…
- Não, mãe… bonita é a Sofia, com aquele cabelo maravilhoso e os rapazes sempre atrás dela… eu sou só assim-assim… por isso é fiquei furiosa…
- E quem te chamou feia, meu amor? Alguém da tua sala? da tua turma?
- Não, não… foi o André, o crocodilo…
- O André? O crocodilo? Sinceramente… vocês arranjam com cada alcunha…
- Mas é mesmo, mãe… é mesmo parecido…
- Então não percebo, Mariana.
- Não percebes o quê, mãe? Já imaginaste, o rapaz mais feio da escola, a chamar-me feia?
- Ah, pois… na verdade, é estranho… e foi a primeira vez que ele se portou assim contigo?
- Foi… bem… ontem, ele também estava assim um bocadinho… esquisito, sabes?
- Esquisito? Como assim? tentou fazer-te alguma coisa, foi isso ?
- Foi… andou atrás de mim a manhã inteira… e eu não aceitei…
- Não aceitaste o quê, filha? O André queria que tu aceitasses alguma coisa?
- Queria, mãe… uma flor, imagina tu… uma flor…
- E tu, não aceitaste, Mariana?
- Não… tive vergonha…
 
( Silêncio )
 
- Mãe…
- Sim, Mariana?
- Sabes uma coisa?
- Não, minha querida… o que foi?
- É que… o André até nem é feio, sabes… os rapazes é que têm inveja dele, porque ele tira sempre as melhores notas… e eu até gosto daqueles óculos engraçados… fazem-no parecer mesmo um crocodilo pequenino…
 
 

 

publicado por entremares às 20:32
link do post | comentar | favorito
|
23 comentários:
De Rapariga do Batom Vermelho a 6 de Agosto de 2009 às 20:58
Que ternura...:)
De entremares a 7 de Agosto de 2009 às 15:19
Oi, obrigado pela visita.
As crianças são capazes das maiores ternuras e das maiores maldades, não é?

E, ainda por cima, sempre honestas...
De GiGi a 6 de Agosto de 2009 às 22:46
Ahahahahah isso por aqui tem aos montes! Não entre as crianças, mas entre os marmanjos mesmo, eheheh.

Engraçados estes... Quando uma mulher lhes dispensa, eles logo rebatem com as mais bobas ofensas. Estranha forma de machismo.

Ademais, muito fofa a estorinha! De fato, "que ternura"! ^^

Beijos
De entremares a 7 de Agosto de 2009 às 15:21
Pois é, GiGi... isto não se aplica só às crianças, pois não ?

Aliás, não existe aquela célebre frase: " QUEM DESDENHA... QUER COMPRAR "

Beijos.
Rolando
De Gilmara a 6 de Agosto de 2009 às 23:51
Ah, que coisa mais fofa...
Suspiros....
Beijos,

Gil =)
De entremares a 7 de Agosto de 2009 às 15:22
Oi, Gil... criança é assim mesmo, fofa, fofa... mas também serve para os adultos, não é? ( às vezes )

Beijos
Rolando
De josielda a 10 de Fevereiro de 2013 às 01:32
também achei muito lindo
De lis a 7 de Agosto de 2009 às 02:50
Gostoso esse dialogo entre mae e filha , um assunto recorrente em tempos de escola. Não há quem nao tenha tido um apelido igual ou parecido . Ah, idade gostosa, tempos inocen tes, quando a palavra soa leve, sem maldade.
Adorei , muito envolente. E a imagem,nossa ,tá linda , sugere timidez.
Parece que tinha lido que ia de férias. Será culpa das férias toda essa inspiração? rs
Abraços
De entremares a 7 de Agosto de 2009 às 15:25
Pois é, Lis... eu estou mesmo de férias. Mas o tempo está tão ruim, tão ruim que só apetece estar dentro de casa, com casaco e tudo... Brrrrrr...

A imagem "encaixou" muito bem na história... até parece que a flor também está com vergonha...

Beijos.
Rolando
De Iris Barroso a 7 de Agosto de 2009 às 12:24
As crianças são assim, mas se virmos bem dentro de nós, no nosso local de trabalho, no nosso grupo de amigos, quando crescemos, não deixamos de fazer as mesmas coisas, de nos comportarmos da mesma forma, de dizer as mesmas coisas.

Porque será?!
De entremares a 7 de Agosto de 2009 às 15:27
Oi, Iris

Boa pergunta, porque será?
Talvez uma parte de nós continue sempre criança, talvez que no fundo ainda continuemos ternurentos como crianças... e às vezes cruéis também...

Beijos.
Rolando
De GiGi a 7 de Agosto de 2009 às 17:25
Olá, Rolando! :-)

Rimpoche... Este nome não me é estranho. Talvez, eu já tenha visto alguma frase com o nome deles, não lembro. Mas, nunca li a respeito.

Dizem que as respostas estão dentro de nós. Penso que estas devem ser despertadas, seja por algo ou alguém, deve haver algum ponto de partida. Pois, não há o que surja do nada. E, para mim, a filosofia oriental ajuda a despertar estas respostas, sempre nos momentos propícios.

Beijos!
De Óscarito a 7 de Agosto de 2009 às 17:37
É uma frase feita, batida:
o melhor do mundo são as crianças! E são!
Também por "coisas" como estas!
Abraço/Óscar
De entremares a 8 de Agosto de 2009 às 18:37
Pois é. meu caro Óscar... e é bom que essas frase "batida" ainda continue assim, não é ?

Um abraço.
Rolando
De julieta barbosa a 7 de Agosto de 2009 às 18:21
Rolando,

O interessante é que crescemos e continuamos a fazer esse 'jogo' de esconde-esconde e com isso, perdemos a melhor parte do amor: a espontaneidade da entrega. Lindo texto! Carregado de ternura. Bjs

Obs: Estive ausente por causa de problemas na internet. Vou aproveitar para ler os textos anteriores.
De entremares a 8 de Agosto de 2009 às 18:39
Oi, Julieta, que saudades...
Tão desaparecida... é bom que esteja de volta...

Um óptimo fim-de-semana

Beijos
Rolando
De Sara a 7 de Agosto de 2009 às 21:20
Nota-se que estás de férias.... os últimos posts só falam de amor, ternura, carinho :) Mas gostei!!

Boas férias e bom fim-de-semana, continua a escrever que nós continuamos a ler ;)

Beijos
De entremares a 8 de Agosto de 2009 às 18:41
Pois... nota-se muito, não é?
Muita paz, sossego, tranquilidade... enfim...

Beijos.
Rolando
De mfc a 7 de Agosto de 2009 às 23:01
Os miúdos são desconcertantes...
De entremares a 8 de Agosto de 2009 às 18:42
São... e conseguem com as suas histórias fazer-nos pensar... e muito do que fazem... também se aplica - directo - aos adultos, não é ?

Beijos.
Rolando

Comentar post

.mais sobre mim

.BlogGincana


.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. O unicórnio branco

. Nascer de novo

. Noites de lua nova

. Perguntas e Respostas

. Roby, o rei leão

. Onde mora o paraíso?

. Sinais

. Um novo destino

. O profeta

. Ele e Ela

. As doze badaladas

. O salto da alma nua

. O rei morreu... Viva o re...

. Blog Gincana - Novembro

. A dúvida humana

.

. João e o Mestre

. Aniversário

. E depois do adeus

. A pimenta do amor

. O que fazer?

. Sem título

. A mulher invisível

. A escolha dos anjos

. Os amantes

. A Dama do Outono

. Um pedido

. Simplesmente Eugénio

. Carmen Miranda

. A decisão

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.Os ouvintes das histórias

online

.links

.as minhas fotos

.Nº de Navegadores

Get a free html hit counter here.

.Google

.Quem navega...

Locations of visitors to this page

.Gazeta dos Blogueiros

Gazeta dos Blogueiros
blogs SAPO

.subscrever feeds