Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

Amor e uma cabana?

 

Ele - Amas-me ?
Ela - Claro que te amo. Acaso duvidas?
Ele - Não, não… claro que não… sabes como é, são aqueles pensamentos parvos que às vezes nos assaltam o cérebro…
Ela - Isso nem parece teu… e se não te conhecesse, diria que isso era conversa do teu amigo Luís… ele é que anda sempre com teorias estranhas…
Ele - …
Ela - Ah… então sempre tinha razão… isto é conversa do teu amigo Luís…
Ele - Ora, não foi nada de especial… estávamos só a falar de mulheres…
Ela - De mulheres? Plural? E eu, quem sou eu? Querem ver que agora estou a partilhar o meu marido com outra, é isso ?
Ele - Claro que não, meu amor… foi só uma conversa inocente, já sabes como é o Luís…
Ela – Pois… engana-me, que eu gosto… e qual era o tema da conversa inocente, pode saber-se?
Ele – Patetices, não ligues…
Ela – Claro que ligo. Agora que me espicaçaste a curiosidade, quero saber…
Ele – Coisas do Luís, sabes como ele é, para ele tudo tem a ver com dinheiro, é só isso…
Ela – Não percebo.
Ele – É simples… o Luís acha que as mulheres só gostam dos homens com dinheiro, que isso do amor e uma cabana é só um conto de fadas…
Ela – Ai é? Não me digas…
Ele – Eu disse-te, patetices do Luís…
Ela – Claro, claro… mas diz-me… e tu?
Ele – Eu o quê, meu amor?
Ela – Tu, sim… o que lhe respondeste, a semelhante parvoíce?
Ele – Eu ? Pois … claro que lhe disse isso mesmo, que era uma parvoíce…
Ela – A sério ?
Ele – Claro que é a sério… tu sabes que para mim o dinheiro não significa nada, mas rigorosamente nada… por isso é que nunca fui rico…
Ela – Está bem, está bem, mas olha lá… também não é preciso exagerares… lá que não sejamos ricos, é uma coisa… mas também não me estou a ver a ir morar para debaixo da ponte… nem oito, nem oitenta…
Ele – A sério, meu amor… nós não precisamos de dinheiro… temo-nos um ao outro… não é maravilhoso?
Ela - …
Ele – Eu amo-te, sabias?
Ela – Sim, sim… mas há pouco sentia-me um pouco mais descansada do que agora…
Ele – Não te preocupes… o amor vence tudo… e olha, agora se não te importas, tenho que ir comprar o jornal, antes que feche o quiosque…
Ela – Vai sim, vai…
 
Ela – João…
Ele – Sim, meu amor?
Ela – Já agora… não te esqueças de meter o euromilhões, está bem ?
 

PS. Dizia o Jô Soares nos seus programas que " O dinheiro não compra a felicidade... mas lá que acalma os nervos, acalma... "

 

publicado por entremares às 21:23
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De amor y libertad a 25 de Junho de 2009 às 22:00
el dinero está bien, pero la libertad es mejor, mira si no hubiera hecho falta mentirle ni contarle lo que de verdad había hablado el colega con luis

dios, ¡libertad!, que no anden diciéndonos qué hacer y qué no hacer, eso es sagrado
De Romicas a 25 de Junho de 2009 às 23:02
Realmente o dinheiro não é tudo, mas...que...ajuda...um bocadinho...! Ainda me lembro de ouvir a minha mãe dizer "Em casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão...!".
Gostei muito de "passear" pelos teus blogs e adorei o texto que deixaste no Papagaio Daltónico.
Um beijo
Romicas
De xana a 26 de Junho de 2009 às 00:49
Já fui adepta do amor e uma cabana... sendo capaz de ir morar debaixo da ponte se disso fosse necessário, para seguir o amor, prescidia de tudo desde que estivesse com o meu amor... levei com um "coice" de quatros patas, que foi para aprender... agora só me conquista que estiver cheio de guito, não tem guito não casa...
De meldevespas a 26 de Junho de 2009 às 11:19
Gostei muito deste diálogo, especialmente pela ironia que está inerente a cada uma das palavras.
Verdade seja dita, todos sonhamos com o amor e ......uma mansão! ;)))

Beijinho
De Najla a 26 de Junho de 2009 às 15:31
Uma pessoa amiga disse-me uma vez, que se algum dia lhe desssem a escolher entre saúde e dinheiro, escolheria sem pensar muito o dinheiro. De nada lhe vale ter saúde sem ter dinheiro porque sem o ter, ficaria doente. E mal por mal, mais valia rico e doente! Teorias!

Beijinhos e bom fds

Comentar post

.mais sobre mim

.BlogGincana


.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. O unicórnio branco

. Nascer de novo

. Noites de lua nova

. Perguntas e Respostas

. Roby, o rei leão

. Onde mora o paraíso?

. Sinais

. Um novo destino

. O profeta

. Ele e Ela

. As doze badaladas

. O salto da alma nua

. O rei morreu... Viva o re...

. Blog Gincana - Novembro

. A dúvida humana

.

. João e o Mestre

. Aniversário

. E depois do adeus

. A pimenta do amor

. O que fazer?

. Sem título

. A mulher invisível

. A escolha dos anjos

. Os amantes

. A Dama do Outono

. Um pedido

. Simplesmente Eugénio

. Carmen Miranda

. A decisão

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.Os ouvintes das histórias

online

.links

.as minhas fotos

.Nº de Navegadores

Get a free html hit counter here.

.Google

.Quem navega...

Locations of visitors to this page

.Gazeta dos Blogueiros

Gazeta dos Blogueiros
blogs SAPO

.subscrever feeds