Sexta-feira, 1 de Maio de 2009

O elogio fúnebre

 

 

Meus amigos... companheiros...
Estamos hoje aqui, reunidos... para prestar homenagem a alguém que já não está connosco, mas pelas suas obras, pela sua maneira de ser, pelas recordações que em nós deixou... estará sempre presente...
Conheço o Afonso de há muito tempo... aliás, acho que o conheço desde sempre, desde que me recordo de mim próprio. O Afonso foi meu amigo, foi meu colega de escola, foi compincha de brincadeiras e das pequenas patifarias da juventude... até foi meu rival quando nos lembrámos de gostar em simultâneo da mesma rapariga...
Vocês, aqui presentes... nunca chegaram a conhecer esse Afonso.
Mas eu lembro-me bem dele... antes de se transformar no vosso Afonso, no Afonso personagem pública, no Afonso corajoso, empreendedor, famoso.
Sabem... o Afonso sempre teve um sentido de humor... diferente. Só para ficarem com uma ideia ... lembro-me de estarmos os dois, fechados numa sala, a realizar um exame... para o qual nenhum de nós havia estudado ... rigorosamente nada.
Eu lá fui rabiscando umas respostas – e o exame consistia de umas cinco ou seis questões, daquelas de despejar sabedoria sobre a folha de papel – e quando olhava para o lado... via o Afonso sempre sossegado, a olhar distraídamente para o enunciado, mas sem escrever nada...
Pois... só vos conto que quando descobrimos o que o bom do Afonso respondera no exame... não foi expulso assim por um triz... imaginem só. Às quatro primeiras perguntas do exame, respondeu “ Não estudei esta matéria “... e imaginem... à última pergunta, respondeu ... “ Não tive tempo suficiente, lamento... “
Pronto... este era também o Afonso, uma faceta do Afonso que nenhum de vocês certamente teve oportunidade de conhecer...
O Afonso público... esse todos conhecem.
O homem que conseguiu colocar este país no mapa... o homem que combateu a vilania... o homem que conseguiu que nos sentíssemos seguros, que nos fez esquecer a palavra medo... e que conseguiu, provavelmente melhor que ninguém... unir-nos a todos... como cidadãos de um mesmo país... a remar no mesmo sentido...
Este é o Afonso que vocês conhecem.
Não sei se ele algum dia pensou que a sua memória perduraria... para além do corpo, para além desta vida terrena. Quem o conheceu tão bem como eu... poderia jurar-vos que a fama nunca lhe importou, e que todos os seus gestos foram guiados, não pela ambição pessoal... mas perseguindo um objectivo mais alto... mais nobre.
Eu sei isso... eu, melhor que ninguém... sei disso.
A vocês, amigos e companheiros, hoje aqui presentes, nesta hora de luto e dor... o Afonso deixou-vos um país, um país que precisa de vocês, que precisa de todos... para se desenvolver, para ser livre, para ser grandioso...
A mim... seu muito amigo e fiel aio... deixou-me em vida todas as provas da sua inexcedível amizade.
E, por isso mesmo e por ser meu mais profundo desejo ... eu, Egas Moniz, neste dia 6 de Dezembro do ano da graça de 1185 peço-vos a todos que levantem bem alto as vossas espadas e me acompanhem...
- Viva o Rei...
- Viva Portugal...
 

 

publicado por entremares às 21:43
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Menina do Mar a 2 de Maio de 2009 às 22:38
Ah! o Afonso, era o rei! :O
*
De entremares a 2 de Maio de 2009 às 23:03
Pois era...mas só no final é que se sabe...
E o que sobra... são os amigos, como sempre.

Comentar post

.mais sobre mim

.BlogGincana


.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. O unicórnio branco

. Nascer de novo

. Noites de lua nova

. Perguntas e Respostas

. Roby, o rei leão

. Onde mora o paraíso?

. Sinais

. Um novo destino

. O profeta

. Ele e Ela

. As doze badaladas

. O salto da alma nua

. O rei morreu... Viva o re...

. Blog Gincana - Novembro

. A dúvida humana

.

. João e o Mestre

. Aniversário

. E depois do adeus

. A pimenta do amor

. O que fazer?

. Sem título

. A mulher invisível

. A escolha dos anjos

. Os amantes

. A Dama do Outono

. Um pedido

. Simplesmente Eugénio

. Carmen Miranda

. A decisão

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.Os ouvintes das histórias

online

.links

.as minhas fotos

.Nº de Navegadores

Get a free html hit counter here.

.Google

.Quem navega...

Locations of visitors to this page

.Gazeta dos Blogueiros

Gazeta dos Blogueiros
blogs SAPO

.subscrever feeds