Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

O coelhinho da Páscoa

 

 

Era uma vez… um coelho.
Sabem ? Daqueles coelhinhos da Páscoa, todos feitos de chocolate, embrulhados em prata colorida, com um grande laçarote ao pescoço.
Pousado sobre a cesta da fruta, entre algumas maças e um ananás, contemplava silencioso tudo o que o rodeava, prestando atenção aos mais pequenos pormenores.
Primeiro, foi a avó Fernanda, ainda de roupão, a caminho da cozinha. Ouviu a chaleira ao lume… e minutos depois, viu-a de chávena em punho, o chá fumegante numa mão e meia dúzia de bolachas na outra.
Depois passou a pequena Sofia. Resoluta, pegou no banco e encarrapitou-se, no alto dos seus seis anitos, até alcançar a prateleira do armário. Pegou num pacotinho de leite com chocolate e voltou ao sofá da sala, para continuar tranquilamente a sua manhã de desenhos animados, defronte da televisão.
O coelhinho da Páscoa continuou a observar, em silêncio.
O pai Vicente, despenteado como todas as manhãs, veio a seguir. Entre dois bocejos, um espreguiçar e um pontapé desajeitado no pé da mesa, ouviu-o a colocar a chávena na máquina do café, o tradicional som do moinho e pouco depois… aí vem ele de chávena na mão.
Acabara de se sentar à mesa quando chegou a Maria, a filha mais velha, toalha ainda enrolada na cabeça, acabada de sair do duche. Sempre em corrida, apanhou duas maças e desapareceu pelo corredor.
- Bom dia também para ti… -resmungou o pai Vicente
A avó Fernanda voltou, de chávena vazia. Cumprimentaram-se e ela rumou à cozinha. Abriu o frigorífico e lá foi depositando sobre a mesa as couves, as cenouras, os aipos, os nabos, o alho francês, as batatas e as cebolas.
Tudo a postos para começar… um belo cozido. Mãos à obra.
Mas não. Ainda não. Ora bem… o que estava a faltar ? Ah, pois claro… a hortelã.
E lá rumou ao quintal, à procura do tempero em falta.
O coelhinho da Páscoa agitou-se. Mas continuou em silêncio.
Na sala ao lado, a mãe Joana finalmente descera do quarto. Apanhou o café do marido e sorveu-o de um trago. Depois enterrou-se na cadeira, as mãos a segurar a cabeça, num esforço heróico para manter os olhos abertos.
- Não dormi nada, esta noite – lastimava-se – e agora estou cheia de dores de cabeça… - Sofia… baixa o som da televisão, se fazes favor…
O pai Vicente passou-lhe a mão pelos cabelos, ternurento.
- Vá lá… queres que te faça um chá… ou … porque não tomas uma aspirina e voltas para a cama ?
Ela concordou – passar um domingo cambaleando pela casa com dores de cabeça não era propriamente algo que desejasse.
- Sim, por favor… dá-me duas…
A avó Fernanda voltou nesse momento, carregada com um grande molhe de hortelã. Rumou directa à cozinha e lá começou os seus preparos.
 
- Esta agora… onde estão as cenouras ? – ouviram-na da sala – tenho a certeza que as tirei do frigorífico…
Voltou a confirmar; dentro do frigorífico, fora, em cima da mesa, no chão… nem rasto.
Depois reparou melhor.
A um canto, junto do cesto da fruta, um pedaço de rama e umas lascas de cenoura revelavam que as cenouras teriam andado algures por ali perto. Mas nem vê-las…
Virou-se, à procura de opções; talvez tivessem escorregado, caído ao chão ?
Nesse momento, um tímido arroto – mas perfeitamente audível – fez-se ouvir.
A avó Fernanda olhou em redor, atónita.
- Estou a ficar maluca, querem ver…
 
Na cesta de frutas, o coelhinho da Páscoa acabou de mastigar tranquilamente a última cenoura. Os seus olhinhos de chocolate brilhavam de contentamento.
Aquilo sim… aquilo é que era uma boa Páscoa…

 

publicado por entremares às 08:32
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.BlogGincana


.Fevereiro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.posts recentes

. O unicórnio branco

. Nascer de novo

. Noites de lua nova

. Perguntas e Respostas

. Roby, o rei leão

. Onde mora o paraíso?

. Sinais

. Um novo destino

. O profeta

. Ele e Ela

. As doze badaladas

. O salto da alma nua

. O rei morreu... Viva o re...

. Blog Gincana - Novembro

. A dúvida humana

.

. João e o Mestre

. Aniversário

. E depois do adeus

. A pimenta do amor

. O que fazer?

. Sem título

. A mulher invisível

. A escolha dos anjos

. Os amantes

. A Dama do Outono

. Um pedido

. Simplesmente Eugénio

. Carmen Miranda

. A decisão

.arquivos

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

.Os ouvintes das histórias

online

.links

.as minhas fotos

.Nº de Navegadores

Get a free html hit counter here.

.Google

.Quem navega...

Locations of visitors to this page

.Gazeta dos Blogueiros

Gazeta dos Blogueiros
blogs SAPO

.subscrever feeds